FRETE GRÁTIS! Clique aqui e confira nossa tabela por Estados.

As cores certas para os acessórios femininos

O momento é atípico, carnaval sem carnaval, mas a folia do bem estar e do amor próprio acontece o ano inteiro. O carnaval é um momento cultural que transborda alegria, animação e muita mistura de cores. E é gostoso viver isso.

Então, sem muito blá blá blá, vamos falar sobre as cores certas para os acessórios femininos, independentemente do carnaval. E sem mistérios e fragilidades, digo, de imediato, que não existe a cor certa. Pode parecer uma declaração bombástica logo no início do texto, mas acompanhe o raciocínio, sem ser lógico, e entenda a cor que você carrega.

Aliás, olha que interessante. Se no carnaval, que é um período curtíssimo, você adora usar cores para fortalecer sua alegria, então, por que no resto do ano existe o medo em experimentar novas cores?    

Primeiro, a lógica é avaliada com princípios de validade e o racional, com uma exigência mais ampla, baseia-se na razão e conhecimento. Lendo esta frase, dá vontade de falar sobre cores de forma racional? Claro que não! O momento é de alegria, mesmo sendo “folia sem folia”, então vamos às cores de forma sentimental.

Se pudéssemos considerar a vida como um sentimento, como você gostaria de viver esse sentimento, com cores ou naquele preto e branco muitas vezes apagado?

A cor certa não é a que combina com sua roupa, sapato ou bolsa.
A cor certa é aquela que te faz feliz, que te faz sorrir.

Sempre debocharam do Augustinho Carrara, personagem da A Grande Família, mas nunca perguntaram se ele se incomodou com tantas críticas sobre suas combinações reprovadas pela sociedade. Ou seja, o programa ficou no ar durante anos, Augustinho manteve seu estilo e, até hoje, é referência em descontração, brincadeiras, alegria. Suas cores preferidas não eram baseadas nas tendências da moda, mas sim na sua vontade de vestir.

Você coloca um brinco vermelho combinando com o batom e, automaticamente, sua mente já cria críticas imaginárias das pessoas sobre você, sem mesmo ter terminado de se arrumar. E o que acontece? Você sai de casa com batom nude e um par de brincos pequenino, aquele que mal aparece. Nada contra o nude ou o brinco pequeno, mas sim contra o seu medo de mostrar sua felicidade.

A cor certa não é a que os outros acham que você tem que usar.
A cor certa é aquela que expõe sua real beleza.

Vamos brincar com as cores. De acordo com a psicologia das cores:

O vermelho está ligado a raiva, paixão, fúria, ira, desejo, excitação, energia, velocidade, força, poder, calor, amor.

Prefiro dizer que o vermelho está ligado à sua determinação. A sua vontade em crescer e ultrapassar seus objetivos.

O rosa está ligado a inocência, satisfação, romantismo, charme, brincadeira, leveza, delicadeza, feminilidade.

Prefiro dizer que o rosa está ligado à sua empatia e gentileza. O bem ao próximo te deixa leve e, ao mesmo tempo, atraente.

O amarelo está ligado à sabedoria, conhecimento, relaxamento, otimismo, imaginação, esperança, claridade.

Prefiro dizer que o amarelo está ligado à sua alegria e gratidão. Alegria por viver mais um dia com a permissão de Deus e gratidão por tudo aquilo que Jesus fez e nos deixou o caminho das pedras para sermos pessoas melhores com a família e na sociedade.

O laranja está ligado ao humor, energia, equilíbrio, entusiasmo, vibração, expansão, extravagância.

Prefiro dizer que o laranja esta ligado à sua coragem e resiliência. Conquista mais quem não desiste.

O verde está ligado à cura, calma, perseverança, autoconsciência, saudável, boa sorte, renovação, juventude, vigor.

Prefiro dizer que o verde está ligado à sua generosidade. Avança uma casa aquela que acrescenta algo ao próximo. Você nunca dá um passo atrás quando ajuda alguém a dar um passo à frente.

O azul está ligado à fé, espiritualidade, contentamento, paz, tranquilidade, calma, estabilidade, harmonia, confiança, verdade, segurança.

Prefiro dizer que o azul está ligado à sua amizade e lealdade. Em diversas pesquisas, o azul é a cor que mais está presente, seja como cor preferencial ou secundária. Quem carrega multidões é quem valoriza a amizade.

O roxo está ligado à realeza, nobreza, mistério, transformação, sabedoria, conhecimento, poder, sensibilidade, intimidade.

Prefiro dizer que o roxo está ligado à sua sinceridade e disciplina.

O marrom está ligado ao materialismo, confiabilidade, conforto, resistência, estabilidade, simplicidade.

Prefiro dizer que o marrom está ligado à sua tolerância, uma real beleza fortíssima.

Pelas leis da Física, o preto não é cor, pois não absorve luz. Como se fosse, uma cor sem cor. Se juntarmos todas as cores do arco-íris, resulta em banco. É errado considerar que, usando o máximo de cores em acessórios ou roupas, “vestirá” todas as qualidades possíveis do ser humano. Assim como, usando preto, não negará suas qualidades.

A sua cor preferida diz muito sobre você, mas não me limite no seu achismo. Exponha suas reais belezas através das cores.

Ainda que, a Física entenda que o branco também não é cor, temos confiança no poder do branco em nossas vidas. Então, se todas as cores do arco-íris, juntas, resultam em branco, podemos dizer que a soma de cores vivas nos levam à paz.

E se você for a paz de alguém? Vale a pena viver com as cores?

;)

 

Carregando Ambiente Seguro